sexta-feira, 27 de abril de 2012

Auto-Engano



Talvez a felicidade esteja em todas essas futilidades corriqueiras, extremamente banais e insensatas.

Talvez na ausência de cobranças, na aceitação da imperfeição, na aceitação da vida, das forças do universo, na sincronicidade, na certeza...

Sempre um Talvez e um Se... Talvez, Talvez... É sempre um questionamento, sempre um porque, mas... Porquê?!

Porque somos seres humanos, temos uma coisa chamada ego pra ser cada vez mais vaidoso e outra chamada alter-ego pra garantir que a vaidade e o moralismo tenham o que desejam, e sim, queremos ser aceitos, queremos ser inclusos, queremos pertencer ao mundo!

Achamos que seguir regras, tomar determinadas atitudes, seguir um roteiro pré-determinado, pensamos que isso vai resolver nossos problemas, mas não... Não vai!

Agimos fazendo o que é politicamente correto, somos eternos lobatinhos ( o cara engravatado que segue todas as regras e cheio de moralismo ), e se alguém nos diz isso em alto e bom som nos sentimos ofendidos! Queremos sempre ter razão, arrumamos confusões, e só reclamamos de tudo! 

Temos a ilusão da mudança quando na realidade continuamos batendo na mesma tecla, no mesmo erro! Vamos lá, vamos continuar praticando o auto-engano!!!! É praticamente de graça, nada que umas gripes, espinhas, quilos à mais não possam pagar! 

Culpamos o mundo, mas nunca a nós mesmos! Ou então.... Nos culpamos demais, todo o tempo, não somos capazes de aceitar nossas imperfeições, queremos porque queremos estar sempre certo... Opa! Hora de alimentar a ilusão minha gente! 

Ninguém consegue estar certo o tempo todo, nem eu, nem você, nem o papa! 

Um comentário:

Sua opinião é muito bem vinda!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...