domingo, 7 de outubro de 2012

Facas ou Jóias?!



O ser humano é realmente um bicho complicado, as vezes me pergunto se essa tal de racionalidade combinada com o livre arbítrio seria realmente uma vantagem.

Porquê discutimos por coisas tão pequenas ao invés de tomarmos iniciativas?
Há aquele caso de orgulho ferido, quando alguém não está de acordo conosco, é uma ofensa ao ego que imediatamente inicia uma discussão sem fundamento buscando a aceitação de suas ideias pelo outro. Jogamos facas afiadas contra o "inimigo" sem ao menos nos importar com o tamanho da ferida que ela pode causar. Magoamos, ferimos, somos egoístas e ainda queremos estar certos.

Discutimos com aqueles que tem o poder quando deveríamos pensar nas consequências de nossas palavras, ou pensar no quão importante são para nós as pessoas as quais ferimos.

Palavras podem ser facas cortantes ou jóias brilhantes, basta apenas saber utilizá-las.

Há aquelas pessoas que não são capazes de proferir palavras bondosas, talvez por algum medo ou trauma relacionado a rejeição, pessoas que estão sempre xingando um outro, mesmo que seja apenas de brincadeira.

Outros que não sabem elogiar uma atitude, pessoas totalmente insatisfeitas ou reclamonas, incapazes de saber agradecer um mimo porque seu ego diz que ela merecia mais do que recebe.

No corporativismo há também a gestão tapinha nas costas, mas ela depende da sua capacidade de marketing pessoal, desmotivando equipes inteiras.

Palavras e seres humanos... Coisas difíceis de administrar quando utilizadas em conjunto.

Mas afinal, o que deve ser dito?! Penso que o silêncio é a melhor resposta. Excesso de palavras só nos dá a certeza de mente vazia.

Lhe pergunto então, se o importante é estar realmente bem consigo mesmo, porque a necessidade de provar isso para as demais pessoas? Talvez porque não esteja tão bem assim, mas como a sociedade nos obriga à felicidade temos de mostrar aos outros uma falsa satisfação na existência.

Conheço pessoas que vivem a reclamar de um dado tratamento ou más respostas recebidas, sempre tão coitadas, e com sérias dificuldades de olhar pra si mesmas.Será que elas já se olharam no espelho e analisaram suas próprias atitudes?!

De qual forma você trata as pessoas? Você as recebe com largos sorrisos ou tapas e pontapés?! Você é sincero, é arrogante ou falso? Vê a vida com bons olhos?!

Jamais se esqueça que o mundo dá voltas e da forma como tratamos o outro, seja em palavras ou atitudes, as coisas certamente retornarão em maiores proporções.

Então decida já o tipo de tratamento que quer receber e as palavras que gosta de ouvir e comece a plantá-las para que possa então colhê-las.




Beijo, Fique em paz!


Um comentário:

  1. Sempre assino embaixo das coisas que escreve pq está madura emocionalmente e consegue analisar com muita sabedoria as coisas que passam à sua volta. Sou grata ao universo por tê-la conhecido e por ser amiga da pessoa que mais amo.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito bem vinda!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...